MUDANÇA NÃO DÓI!

De fato, a única certeza neste mundo são três coisas: Mudança, Morte e Impostos.

No caso da mudança inserida no conceito de mundo V.U.C.A.

  • Volátil.
  • Incerto.
  • Complexo.
  • Ambíguo.

Os tópicos volatilidade e incerteza são os mais aderentes a mudança.

A Volatilidade está alinhada a quantidade de mudanças e a agilidade de composição de novos cenários. Estar pronto para lidar com o inesperado e determinar o tempo adequado para o planejamento, passa a ser uma diretriz alinhada aos resultados almejados.

Em projetos especificamente,  teremos que adequar direcionadores e uma forma mais eficaz de lidar com as mudanças.

A Incerteza do mundo atual, frequentemente nos apresenta mudanças disruptivas que pressupõem novas estruturas de pensamento. De fato, mesmo com tudo que já se sabe, as soluções de hoje raramente serão totalmente aplicáveis aos problemas do futuro. 

Neste cenário a sua forma de planejar poderá ser adaptável, adequada ou… na pior situação, incerta. A realidade é que nunca existiu um caminho 100% estruturado para alcançar os objetivos de um projeto devido a sua característica de unicidade.

Frederic Skinner – psicólogo norte americano que difundiu o behaviorismo, afirmou que:

 “A mudança acontece quando a dor de mudar é menor do que a dor de permanecer o mesmo”.

As mudanças estão aí ao seu lado, ou pior, estão atropelando você, essa é uma certeza, e teremos de lidar com elas. Ela irá ocorrer independente da sua vontade.

O que realmente dói, é a transição e adaptação a mudança, e quanto mais demorado ou difícil… mais vai doer!

Se isso está ocorrendo, reaja o mais breve possível, admita que existem muitas formas de resolver o mesmo problema e inicie o momento da flexibilidade e aceitação. Dê o primeiro passo para ser mais flexível e aderente a novas práticas e tendências.

Flexibilidade e aceitação!

Essa posição, será essencial para a adaptação constante a cenários incertos e imprevisíveis no ambiente de Projetos.

Publicado em: 26/02/20